Profecia do dia 30 de março não se cumpre e profeta volta atrás

Após a grande polêmica que tomou os trends topics do twitter e apareceu até no painel de hashtags do programa "Encontro" da TV Globo, o pastor Ezequias Silva, da igreja Assembleia de Deus, voltou atrás:


Pastor da Profecia do dia 30 de Março


"Eu não sabia que eu fazer uma revolução dessa. Estão distorcendo os vídeos, eu disse que dia 30 era para ficar em casa, porque eu vi o espírito da morte na rua, pessoas morrendo. Unja a casa de vocês sim, pra Deus guardar e proteger. Não vou dar entrevista pra ninguém, não devo nada pra ninguém, vocês não são Deus”, declarou


Mas aí já era tarde, a profecia já tinha se espalhado pelo WhatsApp, e viralizado em toda internet com direito até memes.


Ezequias diz ter uma revelação e pediu para que as pessoas não saíssem de casa ao longo do dia e principalmente na madrugada de 30 de março. Segundo ele, este é o dia em que o anjo da morte ceifará os humanos.

Não saiam por nada, porque o espirito da morte vai descer e andar nas ruas”, disse o pastor. “Os acidentes irão dobrar, vocês irão encontrar pessoas mortas nas calçadas, nos bares. As pessoas irão cair dentro dos supermercados e começarão a ter ataques, falta de ar”, disse o pastor no vídeo polêmico.

Após sua profecia acerca de morte em massa na madrugada do dia 30 de março não se cumprir, o pastor Ezequias Silva decidiu limitar os comentários em seu Instagram. O pastor justificou o não cumprimento da mensagem afirmando que ela tinha o objetivo de trazer “livramento”.

O pastor Renato Vargens da Igreja Cristã da Aliança em Niterói (RJ), discorda da profecia, que para ele só serve para causar pânico. “Essa profecia trouxe pânico a muita gente. A pergunta é: será que procede isso? Será que Deus agiria através de um anjo da morte que viria para trazer juízo sobre a humanidade, de uma forma significativa, no dia 30 de março? Você não deve dar ouvidos aos profetas da tragédia e tampouco àqueles que tentam de alguma forma atemorizar as pessoas. Nós devemos ser guiados pelas Escrituras. A palavra de Deus é lâmpada para os nossos pés e ela tem nos dito o entendimento daquilo que aconteceria nos últimos dias”, disse o pastor.

Postar um comentário (0)
notícia anterior próxima publicação